Movimentação Interna e Reingresso

Atenção! O Edital de abertura do processo de Movimentação Interna e Reingresso para ingresso no 1º Semestre de 2020,  deverá ser publicado no início de novembro de 2019.

Movimentação Interna e Reingresso

O processo seletivo de Movimentação Interna e Reingresso visa preencher vagas ociosas nos cursos presenciais de graduação da UFMS. O preenchimento das vagas acontece respeitando a ordem de preferência abaixo:

  • 1º – Reingresso – Destinado a acadêmicos excluídos por desistência ou por jubilamento;
  • 2º – Movimentação Interna – Classe I – Movimentação entre cursos de mesmo nome (homônimos), que são oferecidos em unidades ou turnos diferentes;
  • 3º – Movimentação Interna – Classe II – Movimentação para curso homônimo ao de origem, porém, de modalidade diferente (bacharelado ou licenciatura); e,
  • 4º – Movimentação Interna – Classe III – Movimentação de um curso para outro na UFMS, desde que os cursos sejam da mesma grande área de conhecimento.

Este processo seletivo não possui taxa de inscrição e não possui provas. De acordo com a categoria de inscrição, o candidato será classificado por critérios específicos, conforme especificado nos editais.

Este processo ocorre duas vezes ao ano, sendo regido por editais específicos que podem ser acessados clicando no botão “Acessar Editais” abaixo.

Período de inscrições: 14 a 24 de novembro de 2019.

Início das aulas: 1º semestre de 2020.

>> Acessar Editais <<

Reingresso

Reingresso é o meio pelo qual acadêmicos excluídos por desistência ou jubilamento, que não possuem matrícula regular ativa em nenhum curso de graduação da UFMS, podem retornar ao seu curso mediante existência de vaga e aprovação no processo seletivo.
O Reingresso é destinado a ex-acadêmicos de cursos de graduação da UFMS que:

  • não tiverem matrícula regular ATIVA em nenhum outro curso de graduação presencial na UFMS; e
  • tiverem sido excluídos por desistência ou jubilamento no curso em que pretende reingressar.

Será indeferido o candidato que:

  • tiver matrícula regular ATIVA em qualquer outro curso de graduação presencial da UFMS;
  • fizer inscrição para curso diferente do qual está INATIVO; ou
  • tiver sido excluído por motivo distinto de desistência ou jubilamento
Os candidatos inscritos para reingresso que tiverem suas inscrições deferidas serão classificados através do seguinte critério:

  • maior percentual de carga horária cursada com aprovação, antes de sua exclusão.

Em caso de empate, o desempate será realizado mediante a aplicação sucessiva dos seguintes critérios:

  1. menor tempo de inatividade no curso;
  2. maior coeficiente de rendimento acadêmico (média aritmética das notas das disciplinas cursadas), conforme relatório do SISCAD-UFMS;
  3. menor número de reprovações; e
  4. maior idade.

Movimentação Interna

Movimentação Interna é o meio pelo qual acadêmicos com matrícula ativa ou trancada em cursos de graduação presenciais da UFMS, que ingressaram através do Sisu, Vestibular UFMS ou Vagas Remanescentes, podem movimentar-se para cursos de mesmo nome (homônimos) ou para cursos de mesma área de conhecimento que o curso de origem mediante existência de vaga e aprovação no processo seletivo.
Para participar do processo seletivo de Movimentação Interna, o acadêmico deve:

  • Ter ingressado no curso em que se encontra matriculado através do Sisu, Vestibular UFMS ou Processo Seletivo de Vagas Remanescentes.
  • Estar posicionado ao menos no segundo semestre do curso de origem.

É necessário ainda:

para Classe I:

  • Estar matriculado ou com matrícula trancada em curso de graduação presencial na UFMS de mesmo nome do curso pretendido (curso homônimo).

para Classe II:

  • Estar matriculado ou com matrícula trancada em curso de graduação presencial na UFMS de mesmo nome do curso pretendido, porém, de modalidades diferentes (bacharelado ou licenciatura);
  • Ter integralizado menos de 75% da carga horária do curso de origem;
  • Ter sido aprovado em, pelo menos, 4 (quatro) disciplinas cursadas na UFMS no curso em que se encontra matriculado ou, para os cursos que são estruturados por módulos semestrais, ter sido aprovado integralmente em, pelo menos, 1 (um) módulo cursado na UFMS no curso em que se encontra matriculado.

para Classe III:

  • Estar matriculado ou com matrícula trancada em curso de graduação presencial na UFMS de mesma área de conhecimento do curso para o qual deseja realizar a mudança, conforme anexo do edital;
  • Ter integralizado menos de 75% da carga horária do curso de origem;
  • Ter sido aprovado em, pelo menos, 4 (quatro) disciplinas cursadas na UFMS no curso em que se encontra matriculado ou, para os cursos que são estruturados por módulos semestrais, ter sido aprovado integralmente em, pelo menos, 1 (um) módulo cursado na UFMS no curso em que se encontra matriculado.
Existem 3 formas (classes) de movimentação, conforme listado a seguir, em ordem de prioridade:
CLASSE I – Entre cursos homônimos, onde o curso de origem possui o mesmo nome e mesma modalidade do curso de destino (bacharelado ou licenciatura).
CLASSE II –  Entre cursos homônimos de modalidades diferentes.
CLASSE III –  Entre cursos distintos dentro da mesma grande área de conhecimento. As áreas de conhecimento são indicadas no edital.
As vagas não preenchidas pelos candidatos inscritos para Reingresso serão destinadas aos candidatos da Movimentação Interna. Dentro da movimentação interna, as vagas serão destinadas primeiramente aos candidatos da Classe I, seguidos dos candidatos da Classe II e Classe III, nesta ordem.

Dentro de cada classe de concorrência da Movimentação Interna, os candidatos serão classificados, em ordem decrescente, por:

  • Percentual de carga horária cursada com aprovação no curso de origem, conforme relatório do SISCAD-UFMS

Nos casos de empate, para todas as classes, o desempate será realizado mediante a aplicação sucessiva dos seguintes critérios:

  1. maior coeficiente de rendimento acadêmico (média aritmética das notas das disciplinas cursadas);
  2. menor número de reprovações; e
  3. maior idade.